Atenção! O site está atualmente passando por uma manutenção e algumas funcionalidades estão sendo alteradas.
Se estiver passando por problemas aguarde um instante por gentileza

O Câncer de Estômago é uma doença muito frequente no Brasil e é um dos tipos mais comuns de câncer no mundo.

Existem fatores de risco, os quais devem ser de conhecimento da população já que a prevenção é sempre o melhor caminho tendo em vista ser uma doença grave e potencialmente letal. A medicina moderna tem percorrido cada vez mais o caminho do diagnóstico mais precoce possível tendo em vista que, em casos de Câncer de Estômago assim como em outros casos de câncer, quanto mais cedo tratamos da doença melhor é o prognóstico. 

Desta forma passamos a listar abaixo e a tecer alguns comentários sobre os principais fatores de risco do Câncer de Estômago. 

1. HISTÓRIA FAMILIAR

Este fator até há alguns anos atrás não era levado em consideração. Todavia estudos mais recentes sobre o câncer gástrico hereditário conseguiram comprovar que existe uma tendência genética ao desenvolvimento deste tipo de lesão em pessoas que tiveram parentes próximos com câncer de estômago. Alguns estudos conseguiram, inclusive isolar o tipo de gen envolvido com a transmissão familiar da doença.

2. DIETA RICA EM ALIMENTOS DEFUMADOS 

Este conhecimento vem da observação que, em populações que consomem uma grande quantidade de alimentos defumados e/ou conservados em sal como charques e alguns alimentos embutidos tinham uma alta incidência de câncer de estômago. 

3. DIETA COM ALIMENTOS MUITO SALGADOS

Como referido acima, alimentos conservados em sal são considerados de risco para o desenvolvimento de câncer de estômago. Este dado vem também da análise de populações que comem muitos alimentos crus conservados em sal como no Japão por exemplo.

4. HÁBITO DE FUMAR

Como em quase todos os tipos de câncer o hábito de fumar está envolvido com um aumento da incidência de câncer de estômago

5. CONSUMO FREQUENTE DE BEBIDA ALCOÓLICA

Devido ao caráter agressivo que o álcool tem sobre a mucosa gástrica o uso frequente desta substância tem grande relação com o desenvolvimento da malignidade do estomago

6. HELICOBACTER PYLORI

É uma bactéria que está presente na mucosa gástrica em uma grande parte da população. Pode ser detectada pela biópsia realizada durante um exame de Endoscopia Digestiva e está associada a um aumento da incidência de câncer de estômago naqueles casos em que está presente

Estes são os principais fatores de risco sempre lembrando a importância da prevenção procurando evitar ou minimizar estes fatores de risco

antonio_carlos_weston-jpg_150608_160
antonio_carlos_weston-jpg_150608_160

Autor: Prof. Dr. Antônio Carlos Weston

Ex-Presidente da Associação Brasileira de Câncer Gástrico. Professor de Cirurgia da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Chefe do Serviço de Cirurgia Geral da Santa Casa de Porto Alegre. Doutor em Ciências Médicas. Mestre em Gastroenterologia.

cross